Abre Aspas


"
O poeta é um fingidor. Finge tão completamente, que chega a fingir que é dor, a dor que deveras sente." (Fernando Pessoa)

9 de agosto de 2010

Soltar


Eu quero falar
Tá entalado
Tem que sair

Não só para você
Todo mundo vai saber
Faço questão

Esse desespero incontrolável

Vai
Antes que a vontade passe
AAAAHHHHHHH

Um comentário:

  1. Gostei do bombardeio de textos novos. Mas o ADOREI o novo "layout" do bog.

    ResponderExcluir